Rodovia construída pelo Governo do Estado incentiva turismo na região do Baixo São Francisco

postado em: Noticias | 0

Obra financiada pelo Proinveste modificou cenário às margens do Velho Chico e melhorou consideravelmente a economia do ponto turístico de Telha

 

“Antes da pavimentação, quando chovia, era muito lama, os carros atolavam e ninguém vinha aqui. Agora não, a gente circula direito, sem problemas”. A afirmação do comerciante José Márcio Cirilo, 44 anos, é por conta da pavimentação asfáltica executada no acesso à Prainha da Adutora, no município de Telha, Baixo São Francisco.

Morador da cidade vizinha, Propriá e, há 20 anos, dono de um restaurante às margens da prainha banhada pelo Rio São Francisco, Zé do Bar, como é mais conhecido, revela que desde que a obra foi iniciada, a freqüência de moradores e turistas ao seu estabelecimento comercial evoluiu consideravelmente. “Do mês de abril até o fim do inverno eu passava a semana inteira para vender R$ 500,00, pois a estrada inibia a presença de clientes. Agora o movimento melhorou bastante, as vendas aumentaram muito. A gente sempre fala que essa obra está 100%”, enfatiza.

A intervenção citada com muito orgulho por José Mário, é mais uma das obras oriundas do Programa de Apoio aos Investimentos dos Estados (PROINVESTE), que está modificando, para melhor, a vida de milhares de sergipanos. Com investimentos no valor de R$ 980.325,56, a obra corresponde à pavimentação asfáltica em um trecho de 700 metros de extensão entre a Rodovia SE-200 e a Prainha da Adutora.

Executada pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico e Sustentabilidade, Sedurbs, através do Departamento Estadual de Infraestrutura Rodoviária de Sergipe (DER/SE), o acesso ao ponto turístico mais freqüentado pelos moradores de Telha e cidades vizinhas possui pista de rolamento de seis (6) metros de largura, calçadas nas laterais e aplicação de brita graduada entre o término da pavimentação e o complexo de bares e restaurantes às margens do Velho Chico.

Os serviços  

Com 90% já executada, a obra atualmente conta com 12 profissionais que se revezam na construção das calçadas entre o acesso e o trevo da SE-200, recuperação de parte da cerca nas proximidades da Adutora da DESO, na conclusão da calçada após as chácaras residenciais e na pavimentação granítica entre o trecho asfaltado e a prainha. Posteriormente a estes serviços, serão construídos dois quebra-molas, execução da pintura do meio-fio e por fim a implantação das sinalizações vertical e horizontal.

Frequentadora da prainha, Elizangêla Pereira Silva, diz que a pavimentação asfáltica trouxe incontáveis melhorias para o ponto turístico ribeirinho. “Tudo ficou mais fácil pra gente. Melhorou para o pessoal que vem aqui para a prainha, pois não existe mais lameiro. O movimento nos bares, antes fraco, agora é cheio, já que o acesso está facilitado e as pessoas vêm mais para o local”, ressalta a dona de casa, de 39 anos.

Morador de Propriá e freqüentador do local, o comerciante Carlos Alberto Barroso Martins, 48, anos, destaca que a pavimentação asfáltica acabou com um problema que parecia interminável e só tem elogios para a intervenção. “A obra está dez, muito bem feita. Melhorou em todos os sentidos, porque antes a gente tinha medo de circular por causa dos buracos e da lama. Antes eu vinha aqui uma vez por semana, agora não, venho três, quatro vezes”, frisa.

Ao executar obras dessa natureza, o Governo de Sergipe promove um impacto altamente positivo na vida de milhares de pessoas, uma vez que a via está asfaltada, o acesso ao principal ponto turístico da região é facilitado, os imóveis à sua margem e nas proximidades são valorizados, a autoestima da população é elevada e a economia e o turismo são fomentados, proporcionando maior geração de renda e criando oportunidades de pequenos empregos, além de atrair novos freqüentadores para aquele trecho do Velho Chico, ainda desconhecido por muitos sergipanos.

 


Última atualização: 22 de novembro de 2019 12:12