Nova data para liberação da ponte

postado em: Noticias | 0

Agora o Governo do Estado informou, através do diretor de tecnologia do Departamento de Estradas e Rodagens (DER /SE), engenheiro Carlos Alberto Araújo, que ocorrendo tudo dentro da normalidade, dia 10 de janeiro o tráfego de veículos será liberado

A saga para a liberação da ponte sobre o rio Japaratuba, que liga os municípios de Pirambu e Barra dos Coqueiros, continua. Mais uma data foi lançada. Agora o Governo do Estado informou, através do diretor de tecnologia do Departamento de Estradas e Rodagens (DER /SE), engenheiro Carlos Alberto Araújo, que ocorrendo tudo dentro da normalidade, dia 10 de janeiro o tráfego de veículos será liberado.

“São 12 pilares, e só serão escorados a estrutura onde os 4 pilares se encontram com maior intensidade de corrosão nas armaduras e perda de concreto. Essa semana deve concluir a montagem das treliças no primeiro par de pilares onde a estrutura está sendo escorada. A fase seguinte é a montagem das escoras sobre as treliças. Em paralelo, segue a recuperação dos pilares onde a estrutura não precisará de escoramento. Existe a perspectiva de até dia 10 o escoramento esteja montado por completo. O serviço da montagem é muito complexo e requer muita atenção, principalmente pela segurança dos operários. Eles irão trabalhar direto no final de semana pra ver se consegue a meta”, detalhou o engenheiro.

Enquanto isso, os comerciantes da cidade de Pirambu, que possui uma das praias mais bonitas e bem visitadas do Estado, definham sem clientela e garantem até fechar as portas, caso a melhor época do ano nas vendas, o mês de janeiro, continue assim sem receber visitantes. Vale lembrar que o Governo do Estado interditou o acesso ao município, no dia 22 de novembro, e desde então a cidade não recebe turistas, o comércio está parado e a comunidade está desesperada. Inclusive, acarretando na diminuição da receita de Pirambu, que boa parte das arrecadações depende da movimentação turística, já despencada com o fechamento para visitantes da base do Tamar, em 2014, pois o projeto recebia em média 120 mil turistas ao ano e muitos estudantes.

A população entende que a medida de interdição da ponte é necessária, porém diz ter sido pega de surpresa e cobra uma data efetiva para liberação do acesso. O primeiro anúncio do governador de Sergipe, foi que seria liberada até o dia 23 de dezembro. Depois, durante Audiência Pública realizada na Câmara de Vereadores de Pirambu, o secretário de Estado de Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade, Ubirajara Barreto, avisou que não teria como liberar o tráfego para o Natal, mas sinalizou uma esperança para o Ano Novo. Mas, assim também não foi cumprida.

O proprietário do restaurante Pirambeleza, Rui Bolivar, contou que recebia centenas de clientes por dia, mas, atualmente, não chega nem a 10% de clientela. “Nós, comerciantes, estamos no desespero mesmo. Confesso que tô pensando muito em fechar o meu estabelecimento. Já precisei demitir alguns funcionários. Até com os fornecedores estamos tendo problemas. Não tá dando mais para continuar. É nesta época do ano que mais faturamos e conseguimos nos manter”, lamentou.

Atualizado: