Execução das obras da Rodovia que liga Umbaúba ao Povoado Queimada Grande já traz benefícios para população

Trabalhos são realizados obedecendo as determinações da OMS contra a Covid-19

“Tenho certeza de que quando essa rodovia ficar pronta, as crises de alergia que eu e meus filhos temos, vão diminuir. Sofremos de rinite alérgica e como a estrada é movimentada, a poeira em nossa casa é constante, tanto é que vivemos o tempo inteiro de portas fechadas. Fora isso, na época de chuva isso aqui é terrível, muito ruim para transitar, sem contar que carros e motos sempre derrapam. Quem mora aqui tá muito contente e não vê a hora dessa obra terminar”.

A esperança de dias melhores para a família da dona de casa, Vera Lúcia dos Santos, 48 anos, toma forma com a presença diária de caçambas, retroescavadeiras, caminhões pipas, entre outras máquinas, além de dezenas de operários que trabalham na pavimentação asfáltica de um trecho da Rodovia SE-290, ligando a sede municipal de Umbaúba ao Povoado Queimada Grande (antiga estrada para Indiaroba).

Executada pelo Governo de Sergipe, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade (Sedurbs) e o Departamento Estadual de Infraestrutura Rodoviária de Sergipe (DER/SE), a obra recebe R$ 6.408.292,42 em recursos do Governo Federal, provenientes da Contribuição de Intervenção do Domínio Econômico (CIDE) e  consiste na implantação de 4,03 km de pavimentação asfáltica, cujo serviços principais correspondem a drenagem central em toda a extensão (seis emissários e, 162 bocas de lobo), implantação de oito mil metros lineares de meio fio, pista de rolamento com nove metros de largura, sendo três de acostamento, além de 9.600 m² de calçada.

“Já executamos toda a camada de sub-base. No momento, 35 profissionais se revezam  fazendo pequenos ajustes nos serviços de drenagem, na aplicação das camadas de base  e serviços de topografia e laboratório, de modo que não havendo nenhum imprevisto climático, em 40 dias estaremos iniciando a imprimação e assim aplicaremos a primeira camada asfáltica”, explica o engenheiro fiscal da obra, Pedro Valeriano

Moradora do povoado Alto Alegre, no município de Indiaroba, Claudijane dos Santos, 32 anos, diz que mesmo ainda em execução, a obra já traz muitos benefícios. “Antes de os serviços começarem, o acesso era péssimo, já notamos a diferença agora, pois o tempo de deslocamento até Umbaúba diminuiu. Venho com frequência até a cidade e sei que não só eu, mas todo mundo que trafega por aqui está satisfeito, pois, ficaremos livres de vez da poeira, da lama e não precisaremos mais gastar muito dinheiro nas oficinas de manutenção”, alegra-se a funcionária pública.

Obra de pavimentação muda realidade de Povoado em Feira Nova

Com investimento de mais de R$ 270 mil, moradores do Povoado Malhada do Pau Ferro conta com a rua pavimentada

“A gente convivia com muita lama e poeira, desde que nasci e moro aqui que essa era uma obra muito solicitada pela população e agora estou muito feliz com o resultado, mudou muito a nossa realidade, diminuiu poeira, não temos mais lama”, essa foi a fala da moradora do povoado, Marlene Santos, de 62 anos, que comemora a finalização da obra de pavimentação da rua onde mora, no povoado Malhada do Pau Ferro, município de Feira Nova, no Médio Sertão do Estado.

A pavimentação em paralelepípedo compreende 3.622,00m² de extensão e com 1.200m de meio fio em concreto. E o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Infraestrutura e do Desenvolvimento Urbano (Sedurbs), investiu nesta obra R$ 272.766,08.

Segundo o secretário de Desenvolvimento Urbano, Ubirajara Barreto, as obras de pavimentação granítica realizadas pelo governo do estado beneficiam mais outros seis municípios em várias regiões do estado, além da pavimentação asfáltica que também estão em andamento em outras localidades. “Esta de Feira Nova está pronta para ser inaugurada, temos também outra em fase de conclusão em um povoado de São Cristóvão. Esse tipo de obra é muito solicitada pela população e o governo entende que é importante, pois melhora a mobilidade urbana da região e eleva a estima dos moradores”, explica.

E dona Maria José dos Santos, 42, é só contentamento. Ela mora desde que nasceu no povoado e relata que a obra mudou o cotidiano de quem vive aqui. “Moro aqui e meu filho ao lado, meus sobrinhos agora brincam sem se sujar, pois não tem, mas aquela lama, poeira e fico muito satisfeita pelas crianças que terão uma rua decente para viver. Aqui também é passagem para Feira Nova que agora pavimentado, fica bem melhor para os motoristas também. Só tenho a agradecer”, disse ela.

Última atualização: 13 de fevereiro de 2020 10:24.

Pular para o conteúdo