Obras de pavimentação mudam realidade de diversos povoados de Lagarto

postado em: Noticias | 0

Os povoados Rio Fundo, Mariquita, ruas do Jardim Campo Novo e Pista do Pau Grande estão sendo contemplados

 

 

“A pista que leva ao povoado Pau Grande é muito importante para nós da Colônia Treze. Antes, aqui era só poeira no calor, lama e buraco nas chuvas. Estou achando ótima essa obra, já está mudando nossa vida”, a declaração é da moradora Eliane Rodrigues, que mora na região e também ressalta a importância da via no acesso a vários outros povoados.

Assim como ela, diversos outros moradores demonstram alegria em ver a pavimentação granítica sendo feita em toda a região. Um exemplo é o agricultor Adelson Ferreira Santos, que mora na Pista do Pau Grande.

“Essa é a pista mais movimentada da Colônia Treze, moro aqui já tem mais de 20 anos e era uma obra muito esperada pela população”, conta. As obras no valor de pouco mais de R$ 800 mil, oriundos de uma emenda do deputado federal Fábio Reis, com contrapartida do governo Estadual, contemplam o município de Lagarto onde, além desse povoado, também estão sendo realizados serviços de pavimentação granítica nos povoados Rio Fundo, Mariquita e nas ruas do Conjunto Jardim Campo Novo.

“A execução da obra está em cerca de 50% e estamos trabalhando para que seja concluído dentro do prazo estabelecido. Mas é importante entender que dependemos das condições climáticas para que tudo seja concluído dentro do esperado”, informou o engenheiro civil Carlos Roberto Krauss.

Esperança essa que permeia o desejo da população local que está animada com o avanço dos serviços. “Estou dando graças a Deus que conseguimos ter essa obra aqui, moro na região há três anos, mas era muito difícil o dia a dia com tanta lama e buraco”, relata Inês dos Santos.

Pavimentação das Ruas do Jardim Campo Novo

No conjunto Jardim Campo Novo, foram beneficiadas as ruas B, C, D, X e H. “Melhorou demais nossa vida depois dessa rua calçada. A gente nem podia ficar sentada na porta que tomava banho de lama. Sou moradora do conjunto há 15 anos e hoje já vivemos outra realidade”, aprova Josefa Valdelúcia.

 

Fonte: ASN

 


Última atualização: 22 de novembro de 2019 12:12