Governo mantém celeridade na execução da Rodovia Itabaiana/Itaporanga

postado em: Noticias | 0

As determinações da Organização Mundial da Saúde (OMS) por conta do novo coronavírus têm sido rigorosamente cumpridas na execução dos serviços

Uma das novas vias estaduais que encurtará a distância entre os Territórios Sul e Agreste Sergipano, ganha novos contornos a cada semana. Atento as medidas de segurança e higienização, o Governo de Sergipe, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade (Sedurbs) e o Departamento Estadual de Infraestrutura Rodoviária de Sergipe (DER),  mantém celeridade na execução dos serviços da Rodovia Itabaiana/Itaporanga (SE-255).

Tendo recursos oriundos do Programa de Apoio ao Investimento dos Estados (Proinveste), na ordem de R$ 58.140.592,81, a obra atende o padrão estabelecido às novas estradas estaduais, com 10 metros de largura, dos quais, sete de pista de rolamento e três de acostamento, serviço completo de drenagem, sinalização vertical e horizontal e terá 52 km de extensão, sendo iniciada na BR 101, a partir do Povoado Aningas em São Cristóvão, atravessando os povoados dos municípios de Itaporanga D’ajuda e Areia Branca, até interligar-se à BR-235, no povoado Rio das Pedras em Itabaiana.

“Mesmo com as chuvas que nos obrigaram a paralisar a obra por alguns dias, uma vez que, após a estiagem se faz necessário que o solo volte a ficar firme para que as atividades sejam continuadas, além dos processos de indenização de algumas famílias, cujas propriedades margeiam a estrada e que ainda estão em trâmite, os serviços não param”, explica o engenheiro civil e fiscal da obra, Geraldino Vieira.

O engenheiro especifica as ações na rodovia. “Estamos realizando serviços de terraplanagem em um trecho do Povoado Iraque em Itaporanga, bem como a execução de dreno superficial e tubulação urbana, execução de Drenagem em VPA (valeta de proteção de aterro), e VPC (valeta de proteção de corte), ações  estas que antecedem a execução das camadas de base e sub-base e, posteriormente, imprimação e aplicação da camada asfáltica”, detalha.

De acordo com o secretário Estadual do Desenvolvimento Urbano, Ubirajara Barreto, as determinações da Organização Mundial da Saúde (OMS) por conta do novo coronavírus têm sido rigorosamente cumpridas. “Assim como todas as obras em andamento sob responsabilidade do Governo do Estado, a construção dessa rodovia foi iniciada antes da pandemia. No entanto, a Sedurb tem fiscalizado e cobrado para que as medidas preventivas exigidas pela OMS (uso dos equipamentos de proteção individual, distanciamento entre os profissionais, cuidados com a higiene), sejam aplicadas, ações estas que estão sendo devidamente praticadas”, afirma.


Última atualização: 19 de maio de 2020 10:15